Usar o Eclipse para programar em C e C++ não é difícil, porém não é uma tarefa para iniciantes, mas tentarei torna-la um pouco mais fácil com esta postagem.

Para compilar softwares em C e C++ no Windows é necessário instalar um compilador, o que no Linux se faz com poucos comandos, no Windows também é possível, mas não é uma tarefa nativa.

Para isso usaremos o CygWin um excelente pacote de ferramentas Linux migradas para o Windows, com o CygWin você pode ter quase tudo que há no Linux no Windows.

E em seguida considerando que você já instalou o Eclipse, sugiro o Eclipse Neon para C++ que já vem com o CDT, plugin para programação em C e C++, veja que o Eclipse é uma IDE bastante customizada, totalmente personalizável, que nos permite instalar milhares de plugins para que ela se comporte o mais próximo de nossa necessidade. Visite o site http://eclipse.org e baixe o instalador do Eclipse e ao executá-lo selecione instalar o Eclipse Neon Cpp.

Instalando o CygWin

Como já foi dito o Cygwin é uma ferramenta para se instalar outras ferramentas disponíveis nativamente apenas para linux, mas o Cygwin nos fez todo o trabalho para porta tais ferramentas para o Windows, permitindo assim termos em uma linha de comando tudo que poderíamos ter no Linux, de forma praticamente transparente.

Viste o site oficial do Cygwin http://www.cygwin.com e baixe o arquivo Setup para sua plataforma Windows, veja há dois arquivos para cada versão, uma para Windows 32bits e outro para Windows 64bits, procure usar o correto, apesar da versão para Windows 32 bits funcionar também no Windows 64bits.

Ao executar o arquivo setup.exe que você baixou, ele irá fazer algumas perguntas como:

  • Se desejar instalar da internet ou se já tem os arquivos de instalação localmente, é bem provavel que não tenha estes arquivos localmente, então escolha da internet, vá em frente clicando em “Avançar”.
  • Agora você é questionado em qual diretório deseja instalar o CygWin, escolha c:\cygwin ou outro drive que tenha espaço suficiente, considere pelo menos 5GB, e evite usar espaços e caminhos longos, o ideal é o sugerido, informe também se a instalação é para todos os usuários do computador ou apenas para você. Continue em Frente clicando em “Avançar”.
  • Em qual diretório você deseja guardar os arquivos fontes baixados da internet, este arquivos são os pacotes que serão usados, e não precisaram estar sempre disponível, apenas quando desejar reinstalar ou instalar algo novo, pode ser em qualquer drive, eu normalmente escolho c:\cygwin-downloads, este diretório pode ser backup ou removido depois da instalação. Continue com “Avançar”
  • Deixa a opção como está, neste tela foi perguntado se deseja usar um proxy, normalmente a conexão é direta, você saberá se precisa mudar esta configuração, siga clicando em ^Avançar”.
  • Agora você verá uma lista dos servidores mirros onde os pacotes podem ser baixados, sugiro que use um Brasileiro, mas a muito não vejo universidades brasileiras sendo mirros do CygWin, a academia está perdendo o foco no que se refere ao software livre? talvez, mas selecione então americano como “ftp://lug.mtu.edu” e para continuar, clique em “Avançar”

Você verá nesta tela o Setup baixando o arquivo de listagens dos pacotes disponíveis neste servidor, isso não demora muito. Pronto uma nova tela é exibida com a lista dos pacotes que você pode instalar, veja abaixo quais pacotes instalar.

Sugiro que escolha os seguintes pacotes, o próprio CygWin irá selecionar as dependências para nós, portanto não se preocupe com muitos detalhes, apenes selecione os principais, na caixa de pesquisa digite os nomes sugeridos abaixo, e marque para que fique com o status “keep” ou o número da versão sugerida, a maioria dos pacotes estarão na pasta DEVEL, quando contrário informo:

  • GCC, selecione os pacotes “cygwin32-gcc-core”, “cygwin32-gcc-g++”, “gcc-core”, “gcc-g++”, “mingwin64-i686-gcc-core”, “mingwin64-i686-gcc-g++”, , “mingwin64-x86-gcc-core”, “mingwin64-x86-gcc-g++”, na pasta “libs” selecione o pacote “libgcc1”;
  • GDB, selecione o pacote “gdb
  • AutoMake, selecione todas as opções que comecem com automake

Pronto, mantenha os demais pacotes como sugerido, e clique em “Avançar”. Na próxima tela será apresentado um resumo da instalação, basta manter tudo como sugerido, e clicar novamente em “Avançar”.

Uma vez o download os pacotes e a instalação tenha terminado, podemos continuar com o Eclipse, o download pode demorar um pouco, deixe ele prosseguir naturalmente, se precisar parar, basta repetir todos os passos, o mais importante é selecionar o mesmo servidor, assim evitará que sejam baixados os mesmos pacotes novamente. ao terminar o download e instalação basta clicar em “Concluir” na tela final, você pode nesta hora selecionar as caixas para que sejam criados atalhos para a área de trabalho e para o menu, fica a seu critério.

Preparando o ambiente em especial a variável “Path” do windows

Como muito já sabem o ambiente do Windows, possui uma variável chamada “Path” que informa onde os programas devem ser executados para que via linha de comando consigamos achá-los sem ter que digitar o caminho completo, então edite as configurações de seu Windows, indo na tela de edição das “Variáveis de Sistema”, ache o “Path” e edite adicionado a seguinte entrada:

C:\cygwin\bin

Feche a tela clicando em “Ok”, veja que usei o diretório que eu instalei o meu Cygwin, se escolheu outro diretório lembre-se de ajustar para sua instalação.

Se o Download e instalação do Cygwin já terminou você deve reiniciar seu computador.

Criando meu primeiro projeto com o C ou C++ no Eclipse

Pronto agora que o cygwin já está instalado e tudo configurado já podemos usar os comandos do Linux no Windows, experimente usar o comando ls -l e verá o resultado como no Linux, até o comando para listar processo ps -apor exemplo, e por ai vai.

Mas o que queremos mesmo é criar nossos próprios códigos em C usando o Eclipse, e o GCC, vamos então a configuração do Eclipse.

Lembre-se estou considerando que você já baixo o instalador do Eclipse Neon, do site http://www.eclipse.org, e que já fez a seleção pelo Eclipse Cpp, que já vem com o plugin CDT instalado, faça assim que tudo dará certinho. Não irei neste post entrar em detalhes de como instalar o CDT no Eclipse, mas é bem simples.

Se quiser tentar instalar o plugin numa instalação extra, instale os plugins:

  • Autotools support for CDT (Incubation)
  • C/C++ Development Tools
  • CDT Visual C++ Support

Sendo assim você já tem tudo atualizado e não precisa se preocupar com nenhum detalhe extra. Abra agora o Eclipse,

Abra o Menu, File (Arquivo) > New (Novo) > C++ Project (Projeto C++).

Veja que em parenteses estão os nomes em português do menu, os símbolos de “>” Maior Que, representam o menu mais interno.

Na nova janela que se abrir, digite o nome de seu projeto no campo “Project Name”, pode ser algo como “Meu Projeto 1” ou mesmo “Demolidor 1”, você escolhe o nome,não use símbolos no nome.

Abaixo você deve escolher o tipo de projeto, “Project Type”, então escolha “Hello World Ansi C Project” (Projeto Hello World ANSI C), e na caixa a direita, “ToolChains”, escolha “CygWin GCC”.

Clique no botão “Next”, na nova janela preencha os campos com seus dados, continue clicando em “Next”,

Pronto o projeto já está quase pronto, vamos agora selecionar as bibliotecas que usaremos para compilar este novo projeto, clique com o botão direito no nome de seu projeto e selecione a opção “Properties”, siga a arvore de opções, C/C++ General > Paths and Symbols > Includes > GNU C++.

Click no botão “Add” (Adicionar), e digite os caminhos abaixo se eles não existirem ainda:

  • C:/cygwin/lib/gcc/i686-pc-cygwin/5.4.0/include/c++
  • C:/cygwin/lib/gcc/i686-pc-cygwin/5.4.0/include/c++/i686-pc-cygwin
  • C:/cygwin/lib/gcc/i686-pc-cygwin/5.4.0/include/c++/backward
  • C:/cygwin/lib/gcc/i686-pc-cygwin/5.4.0/include
  • C:/cygwin/lib/gcc/i686-pc-cygwin/5.4.0/include-fixed
  • C:/cygwin/usr/include

OBS, verifique a versão que instalou e corrija o caminho para que fique correto, no meu caso estou com a versão 5.4.0, talvez você pegue versões superiores, então corrija o número da versão, não se esqueça também que eu instalei em c:/cygwin, se você instalou em outro diretório faça o ajuste, então agora basta clicar em “Apply” > “OK”.

Pronto agora você já pode clicar sobre o nome do projeto, clicar com o botão direito e selecionar “Build Project”, o projeto será construido, compilado e linkado para a plataforma selecionada, que no caso foi PC, ou seja para o Windows, será criado uma pasta “Debug”, ou “Release”, entre nesta pasta e verá seu executável lá dentro, clique com o botão direito sobre ele, e selecione “Run AS” > “Local C/C++ Application”

Conclusão

Por hora atingimos nosso objetivo, conseguimos executar um programa em C no Eclipse, agora você já pode praticar códigos mais avançados e substituir a ideia que usa da Faculdade (como o Pelles C) e já dar um passo mais profissional, e se já usava outra IDE profissional como o Visual Studio ou Borland C++, já está livre da pi ratária e mais próximo do universo de código aberto.


Carlos Delfino

Escrito por:

Analista de Redes Windows e Linux, Analista de Desenvolvimento em diversas linguagens, incluindo para Microcontroladores, Consultor, mais de 20 anos de experiência no mercado de TICs

Google LinkedIn Digg Reddit StumbleUpon

Atualizado em