Sinto falta de algo novo, algo que vá além do viaduto que caiu em BH, produto de engenheiros CTRL-C / CTRL-V.

Tenho visto blogs e blogs pipocando por aí, todo semestre surge alguém novo, venham venham venham ver o que tenho de novo, . . . Meu blog.

Gente vamos inovar, vamos pesquisar e criar e parar com velho eu também fiz igual a ele. Não sou contra ninguém, não sou contra se criar um novo blog para se colocar suas ideias, eu também faço isso.

Vamos contribuir com a comunidade com criatividade, com inovação, solidificar nosso site, produzir conhecimento realmente novo, novos experimentos, novos paradigmas.

Eu sei que isso demora, sei que criar algo que nós faça dizer um hooooooo, é difícil.

Mas precisamos tentar, precisamos trocar idéias.

Vamos abrir nossos códigos, vamos discuti-los, argumentar criticar com intuito de somar e crescer a todos.

Deixemos a cultura do CTRL-C/CTRL-V de lado, sejamos tão criativos quanto nossas ferramentas nós permite e convida.

Sem dúvida que podemos inspirar uns nos outros, estudar os códigos e até mesmo usar algumas peças quando assim for permitido. Respeitando os direitos autorais, não por camaradagem, mas por respeito a quem contribui com um mundo livre e com mais conhecimento e oportunidades.

Vejo que uns dos grandes temores na sociedade é se criar algo novo e ser ridicularizado por isso, sem dúvida que em tempos de internet um erro é propaganda muito mais rápido que um acerto que as vezes sequer é citado, ainda mais no Brasil, onde a sociedade gosta tanto de ridicularizar os inovadores, com apelidos com professor pardal ou cientista maluco.

Hoje, as escolas, mesmo com tantos estudos contrários ainda insistem no CTRL+C/CTRL+V, nos levando a fazer horas de exercícios, continuous e repetitivos, sem criatividade sem inovação. É como se os professores dizerem em nossas cabeças de forma repetitiva, vamos pensem como eu, vocês precisam ser como eu. vocês somente terão sucesso se fizer o como eu faço.

Acreditem no potencial de inovação que há em vocês criem novos artigos, novas ideias, arrisquem, mesmo que isso possa parecer ridículo.


Carlos Delfino

Escrito por:

Analista de Redes Windows e Linux, Analista de Desenvolvimento em diversas linguagens, incluindo para Microcontroladores, Consultor, mais de 20 anos de experiência no mercado de TICs

Google LinkedIn Digg Reddit StumbleUpon

Atualizado em