Acho que já contei esta história por aqui.

Num momento de convívio social, um pessoa chega perto de mim e diz, você é muito estranho, eu olhei com um olhar simpático para ela e disse, “obrigado, outros já me disseram isso.”

Ela continuou sem mudar seu semblante, você está sempre no seu canto, socializa pouco, não é de muita conversa, olhei para os lados e vi que todos sorriam, todos alegres se comunicavam, outros pulavam de grupo e grupo, outros eram o centro das atenções.

Então olhei para a pessoa que tentava de sua forma simpática se aproximar de mim e talvez fazer amizade, sorri e pedi licença me deslocando para um grupo para tirar uma dúvida.


Carlos Delfino

Escrito por:

Analista de Redes Windows e Linux, Analista de Desenvolvimento em diversas linguagens, incluindo para Microcontroladores, Consultor, mais de 20 anos de experiência no mercado de TICs

Google LinkedIn Digg Reddit StumbleUpon

Atualizado em