O Artesanato é uma das profissões mais antigas, e sempre foi influênciado pelos paradgmas de seu tempo evoluindo conforme a natureza e seu contexto onde estão inseridos, tendo suas comunidades impactadas economicamente das mais diversas formas, há artesanato em madeira e barro, indiginas, sem falar nos artesanatos em tecidos, couros, nas rendas cearences e até artesanatos reciclados de vidro plástico, restos de construções e por ai vai.

Bem, porque na éra da técnologia o artesanato não pode ser influenciado pela engenheria eletrôncia? Não estou falando de substituir os artesões por rôbos, não é uma questão de insdustrialização, mas de trazer tecnologia interativa e outras formas de artes para o Artesanato.

O conceito de E-Textily como é chamado o uso de material textil (como tecido e couro) que usam a Eletrônica embarcada. já vem surgindo a algumas centenas de anos, e o uso de metal nos tecidos vem sendo adotado a pelo menos 1000 (mil) anos, e nos últimos 100 anos, a eletricidade tem sido aplicada para dar mais conforto e vida a roupas fabricadas dentro deste conceito.

A mais de uma década já vimos blusas com ventiladores, LEDs e outros recursos, e até camissas de malha que interagindo com o som, apresentavam gráficos da equalização.

Sem falar nos tênis da criançada, que houve um “buum” também na década passada, onde ao pisar, os mesmos piscavam e alguns até emitiam som, para desespero dos pais.

E como tudo isso se relaciona com o mundo do Arduino? Leah Buechley na foto acima, professora associada em mídias e artes no MIT desenvolveu juntamente com a Sparkfun um novo conceito de Arduino e acessórios que permitem os artesãos levarem para seu universo a tecnologia desenvolvendo puseiras, bordados, adornos e tudo que possa estar relacionado com o universo feminino, jovem e também masculino.

Este novo Arduino foi batizado de LilyPad e é composto por uma roseta onde em seu coração possui um ATmega328 e conectores para facilitar sua conexão via uma linha especial feita de material condutivo. Há sensores dos mais diversos tipos que nos permitem interagir e sentir o mundo externo de uma nova maneira, além de LEDs afixados sobre superficies flexíveis prontos para serem costurados em suas roupas, adaptados em bordados, e até mesmo flores de pano ou plástico e tudo que for usado em Artesanato.

Todos os acessórios são feitos em material inoxidável, as placas são pintadas ou invernizadas para se tornarem a prova d’agua podendo ser lavados normalemente.

Além do LilyPad E-Sewing Kit vendido na SparkFun, Há diversas outras soluções e lojas especializadas no universo feminino, como a AdaFruit que criaram suas proprias versões de componentes eletrônicos para E-Textile como é o caso do Flora, há também o Fabric Kit, vendido na SparkFun que tem menos poder mas tem caracteristicas interessantes e que podem ser unidas com o LilyPad para um acabamento diferenciado.

Uma solução também muito atraente para E-Textile é o Anio Magic, visite o site dos projetos e veja um exemplo em uma máscara para o Halloween.

Uma empresa que vem se destacando neste segmento é a já citada Adafruit liderada pela empreendedora Limor Fred que em 2011 com apenas 25 funcionarios faturou $4,5 Milhões (quatro e meio milhões de Dólares), vendendo diversos tipos de Kits inclusive o “Flora”, um clone do “Lilypad”, que não fica nada atrás.

Alguns projetos sugeridos

Há um infinito quando se pensa em como usar o E-Textile, desde simples bonés que brilham usando LEDs, sensores de luminosidade e até mesmo sensores de presensa do tipo PIR, que detectam a presença de pessoas podendo sinalizar com uma piscadela de um LED, ou mesmo escrevendo as palavras “Olá, Seja Bem Vindo” em um display.

Além disso, podemos desenvolver um site onde seja feito o cadastro do perfil de uma pessoa desejada e seu próprio perfil em seguida, devendo o usuário comprar o KIT E-Textile que irá sinalizar quando alguém com o perfil solicitado se aproxima, usando LEDs coloridos em tons suaves.

Ficam algumas sugestões, e conto com a participação dos colegas.


Carlos Delfino

Escrito por:

Analista de Redes Windows e Linux, Analista de Desenvolvimento em diversas linguagens, incluindo para Microcontroladores, Consultor, mais de 20 anos de experiência no mercado de TICs

Google LinkedIn Digg Reddit StumbleUpon

Atualizado em