O dia que o homem dominar seguramente a capacidade de se construir um computador que use tecnologia de 1nm estaremos sem dúvida cirando um novo ser capaz de dominar este mundo.

O Átomo tem 1nm de espessura máxima, e hoje dominamos a capacidade de produzir chips com transistores de 14nm no máximo.

A especulativa é que se chegue em 2021 a 5nm, quando será considerado o fim da validade da Lei de Moore, que definia que a cada 18 meses a densidade de um processador dobrava.

Quando mais denso, ou seja quando mais transistores por polegada, sendo então quanto menor, quanto mais próximo de 1nm mais rápido o processador pode ser, mas mesmo assim sempre será uma fração da velocidade da luz, mas sem dúvida serão muito mais rápidos que nós, e não somente em tarefas repetitivas.


Carlos Delfino

Escrito por:

Analista de Redes Windows e Linux, Analista de Desenvolvimento em diversas linguagens, incluindo para Microcontroladores, Consultor, mais de 20 anos de experiência no mercado de TICs

Google LinkedIn Digg Reddit StumbleUpon

Atualizado em