Para baixar a mais nova atualização do Plugin para usar o GNU ARM no Eclipse, basta clicar aqui.

A versão 2.4.2-201411261616 é um release de manutenção; a principal melhoria inclue suporte para “Peripherals view” no plugin OpenOCD debug, e as configurações explicitas para “newlib-nano”.

Neste link pode ser obtido informações do que melhorou, ou leia abaixo:

  • [feature-requests:#73] A “Peripherals view” agora também é visivel na aba “OpenOCD” em “C/C++ Build Settings”, as configurações do link foram extendidas com opções explicitas para configurar a “newlib-nano”, incluindo configurações para símbolos _printf_float e _scanf_float.
  • [feature-requests:#70] O padrão do mecanismos de preferências padrões do Eclipse é agora o mecanismo padrão para diversas configurações padrões (mais informaçòes no Wiki)
  • [feature-requests:#72] A variável de configuração do Eclipse ${jlink_path} é automáticamente defindia para a pasta de instalação do J-Link, pela leitura do registro do Windows, ou pesquisando vários diretórios quando em SO como OS X ou GNU/Linux.
  • O ${openocd_path} é automáticamente definida com o diretório de instalação do OpenOCD da mesma forma.
  • A arquitetura Cortex-M7 foi adicionada a lista de arquiteturas suportadas do compilador

O seguintes bugs foram corrigidos:

  • [bugs:#128] Quando fechando o “Peripherals view”, o monitor de memoria não é descartado; Corrigido
  • [support-requests:#81] Em certas condições erradas, a seção de depuração trava; o processamento de erro no “Peripherals View” foi melhorado e o problema corrigido.
  • Se um a descompactação de um pacote falhar, o diretório incompleto é preservado erroneamente; corrigido, pacotes parcialmente instalados são mantidos em certas condições,
  • O valor para a opção de construção fpu_unit=, não era apropriado; Definido para o padrão

Nos projetos gerados por templates, os seguintes problemas são identificados:

  • [bugs:#129] No código de inicialização, a área de dados tem um bug relacionado com DATA_END_GUARD_VALUE; Corrigido;
  • A origem da área de mémoria flash no mapa de mémoria para o projeto genério Hello World ARM Cortex-M C/C++ era 0x0; corrigido
  • A biblioteca ST HAL assume que o handler SysTick está sempre presente e retorna; O Handler Systick padrão agora retorna;
  • Para grandes cores STM32 (F3, F4), o código de inicialização não era apto para inicializar multiplas regiões da RAM, como .data & .bss; Corrigido, um novo mecanismo baseado em tabelas foi adicionado ao código do startup.c;
  • O arquivo _write.c, previamente alocado na pasta system, foi movido para a pasta application, já que ele possui uma dependencia com “application”.

Carlos Delfino

Escrito por:

Analista de Redes Windows e Linux, Analista de Desenvolvimento em diversas linguagens, incluindo para Microcontroladores, Consultor, mais de 20 anos de experiência no mercado de TICs

Google LinkedIn Digg Reddit StumbleUpon

Atualizado em